LOADING

Type to search

Destaque Politica

Roberto Requião deixa PT e critica governo Lula: “Desesperança”

Share

O ex-senador e ex-governador do Paraná, Roberto Requião, anunciou sua saída do Partido dos Trabalhadores (PT) e criticou decisões do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em um vídeo divulgado em suas redes sociais, Requião apontou motivos que o levaram a tomar essa decisão.

Entre as críticas feitas por Requião estão o retorno dos pedágios no Paraná, o apoio do governo federal à privatização de companhias paranaenses, a aliança com o governador Ratinho Jr (PSD) e a possibilidade do PT apoiar a candidatura de Luciano Ducci (PSB) na disputa pela prefeitura de Curitiba.

No vídeo, com pouco mais de 10 minutos, Requião expressou sua desilusão com o atual governo. Ele explicou que havia se filiado ao PT há dois anos, visando concorrer ao governo do estado em 2022, com o objetivo de combater o liberalismo econômico e acreditando que Lula promoveria transformações no Brasil.

Entretanto, Requião observou que, na sua percepção, os rumos da gestão federal indicam uma regressão, distanciando-se das promessas de campanha. Para ele, a perspectiva de “apoiar Lula contra o neoliberalismo está desaparecendo”.

– Surgiu a tal frente da esperança que, para mim, traz mais desesperança a cada dia. Está difícil entender o que está acontecendo – afirmou Requião.

E continuou:

– Mas foi uma fase, temos que evoluir. Continuar a crítica pesada e repensar nossa participação na política. Quero um governo que transforme o Brasil em favor da população. A tal frente da esperança não nos sinaliza hoje com nada disso. Estamos vendo a regressão.

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *