LOADING

Type to search

Destaque Geral

Ministra alemã: “Holocausto não se compara a nada”

Share

No Brasil para participar da reunião do G20, a ministra das Relações Exteriores da Alemanha, Annalena Baerbock, criticou a comparação feita pelo presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre a guerra em Gaza ser igual ao Holocausto judeu.

– O Holocausto não se compara a nada – respondeu ela aos jornalistas nesta quarta-feira (21), na cidade do Rio de Janeiro, onde acontecerá a reunião entre líderes mundiais.

Além dela, o porta-voz do Departamento de Estado dos Estados Unidos, Matthew Miller, também criticou a fala do petista e disse que seu país mantém a posição de que não houve genocídio na Faixa de Gaza.

– Nós já fomos bastante claros ao dizer que não acreditamos que houve um genocídio na Faixa de Gaza. Queremos que o conflito acabe o mais rápido possível. Queremos que aumente a assistência humanitária para os civis. Mas não concordamos com esses comentários – declarou Miller a jornalistas na terça (20).

No último domingo (18), Lula comparou as ações militares em Gaza com o Holocausto judeu. Segundo ele, “o que está acontecendo na Faixa de Gaza com o povo palestino, não existe em nenhum outro momento histórico. Aliás, existiu quando Hitler resolveu matar os judeus”.

A afirmação gerou uma crise diplomática entre os dois países, com Israel declarando Lula como “persona non grata”.

– Não perdoaremos e não esqueceremos – em meu nome e em nome dos cidadãos de Israel, informei ao presidente Lula que ele é uma personalidade indesejável em Israel até que ele peça desculpas e se retrate de suas palavras – escreveu o ministro de Relações Exteriores de Israel, Israel Katz, nas redes sociais.

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *