LOADING

Type to search

Destaque Esportes Geral

Texas proíbe atletas trans em esportes universitários

Share

O governador do Texas, Greg Abbott, sancionou, na segunda-feira (7), uma lei que proíbe atletas transgênero de competir em nível universitário em todo o estado.

Chamada de Save Women’s Sports Act (Salve a Lei do Esporte Feminino, em tradução livre), a lei foi assinada na presença de parlamentares conservadores e de duas ex-nadadoras universitárias que deixaram o esporte pela desvantagem de competir com atletas trans.

Riley Gaines e Paula Scanlan tiveram contato com Lia Thomas, atleta trans que passou a vencer mulheres biológicas com suas vantagens físicas. Gaines competiu no campeonato de natação e mergulho da NCAA em março de 2022 e empatou com Thomas, mas não levou o prêmio. Scanlan estava na mesma equipe que a atleta trans.

Ao citar a presença das ex-nadadoras, o governador fez questão de dizer que elas foram vítimas “da marginalização” do esporte.

– Essas são as mulheres que comprometem suas vidas – alteraram suas vidas – para que pudessem competir, e ainda assim você ouviu Riley falando sobre como ela foi marginalizada. Ela foi a vencedora e lhe foi negada essa vitória.

Ativistas trans fizeram protesto contra a lei, com placas que defendiam a permanência de pessoas trans em campeonatos do sexo oposto.

Fonte: Pleno News

Foto: YouTube College Performance

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *