LOADING

Type to search

Destaque Mundo Cristão

Organização lista os países mais perigosos aos cristãos; confira

Share

Muito se fala sobre perseguição aos cristãos, é quando eles experimentam pressão e/ou violência por causa da fé em Jesus. Agora, imagine uma perseguição extrema, que atinge o grau mais alto ou mesmo ultrapassa os limites considerados razoáveis. Essa é a realidade dos cristãos que ocupam os 11 primeiros lugares na Lista Mundial da Perseguição 2023.

O ranking dos 50 países onde os seguidores de Jesus são mais perseguidos tem Coreia do Norte, Somália, Iêmen, Eritreia, Líbia, Nigéria, Paquistão, Irã, Afeganistão, Sudão e Índia.

Apesar de parecerem tão diferentes entre si, os países possuem diversos pontos em comum quanto à perseguição. O primeiro é que quase todos são de maioria islâmica, com exceção apenas de
Coreia do Norte e Índia. Dos nove de maioria muçulmana, sete têm como principal tipo de perseguição a opressão islâmica, ficando de fora apenas Iêmen e Eritreia.

Ataques aos seguidores de Jesus são comuns nos países de maioria muçulmana. Grupos extremistas islâmicos ou jihadistas atuam abertamente e sem punição, principalmente em países como Somália, Iêmen, Nigéria e Paquistão.

Outro ponto em comum é que em alguns desses países os seguidores de Jesus precisam manter a fé em segredo. Isso significa que são obrigados a viver como cristãos secretos por motivos de segurança. Essa é uma realidade na Coreia do Norte, na Líbia, no Irã e no Afeganistão.

Além disso, há nações onde, em teoria, a fé cristã pode ser pública, mas, na prática, os cristãos enfrentam prisões e punições severas por participarem de atividades cristãs – como é o caso de Eritreia, Sudão e Índia.

AJUDA AOS MAIS PERSEGUIDOS
Estar sujeito à perseguição extrema é viver cercado dos mais diversos e complexos desafios. Por isso, todo tipo de ajuda é bem-vinda para os que vivem nos países mais perigosos para os cristãos. Irmão Simon*, que lidera o trabalho da organização cristã Portas Abertas com norte-coreanos, explica um pouco do trabalho prático.

– Nós operamos por meio de casas seguras na China. Em 2022, ajudamos mais de mil norte- coreanos por meio delas. Também apoiamos e treinamos centenas de mulheres da Coreia do
Norte que foram forçadas a se casar com homens chineses. Algumas delas serão futuras líderes da igreja norte-coreana.

Além disso, ele compartilha que há o ministério de rádio e ele continua crescendo. São transmitidos dois programas específicos para pais cristãos. O objetivo é ajudá-los a saber como transmitir
aos filhos ensinamentos bíblicos sem mencionar termos cristãos.

– Nossa equipe de rádio também produz um programa com sermões e materiais para seminário bíblico e outro em que refugiados norte-coreanos discutem sobre tópicos variados – explica.

COMO AJUDAR?
Milhões de cristãos enfrentam perseguição atualmente pelo simples fato de se identificarem com Cristo. Entre eles, há milhares que podem morrer por seguir a Jesus. Para socorrer seguidores de Jesus em suas maiores necessidades físicas, emocionais e espirituais, nos países de perseguição extrema, acesse o link e saiba como ajudar.

Fonte: Pleno News

Foto: Portas Abertas

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *