LOADING

Type to search

Mundo Cristão

Pastores percorrem 30 km para ir à igreja na África

Share

Todos os anos, a Missão Mãos Estendidas (MME) realiza a entrega de centenas de bicicletas para pastores e líderes de aldeias na África.

Nas aldeias remotas, a bicicleta não é apenas um item de passeio, mas um meio de transporte essencial. É o que leva alguém ao trabalho, serve como ambulância quando alguém está doente e conecta os pastores às suas igrejas.

“As bicicletas facilitam muito para encurtar as longas distâncias”, disse o pastor Antonio Bernardo Chaebande em entrevista ao pastor Marcos Corrêa, diretor do Guiame, durante viagem missionária à África.

Ele ainda revelou: “As igrejas de onde saem esses pastores, no povoado, são distantes. Eles costumam andar no mínimo 30 quilômetros para ir às igrejas ou visitar as casas. O trajeto às vezes acontece pelas zonas montanhosas. Se não há bicicletas, eles vão a pé mesmo.”

A entrega das bicicletas é realizada durante o Seminário Bíblico Intensivo, realizado em Moçambique duas vezes por ano, na qual pastores brasileiros promovem capacitação teológica a pastores africanos. 

Cada seminário costuma reunir cerca de 200 pastores de aldeias de Moçambique e Zimbabwe. Além de transmitir conhecimento, a MME os apoia com recursos financeiros, doados através de pessoas que apoiam o projeto.

“Antes, os pastores não tinham a capacitação necessária para o Evangelho ir mais longe. Mas essa capacitação faz toda a diferença”, afirma o pastor Chaebande.

Chaebande tem uma história de superação em um país de condições precárias. Ele é formado em Geografia e atua como professor há 21 anos. Atualmente, ele também é diretor de uma Escola Primária Completa (EPC).

Ele reconhece a importância do ensino bíblico e da capacitação da liderança africana: “Eu agradeço aos irmãos do Brasil e aos missionários que vêm a Moçambique para nos ensinar a Palavra de Deus. Que vocês não desanimem, mas sempre continuem vindo a Moçambique, porque isso nos abençoa muito”.

A MME atua há mais de 23 anos na África com um trabalho extenso em campo: são mais de 350 igrejas em 4 nações, localizadas principalmente no interior da África. Só em Moçambique, são mais de 200 igrejas.

Outro ponto destacado pelo pastor Chaebande é a transformação social gerada através do trabalho da MME. Depois que o ciclone Freddy provocou um cenário de devastação em Moçambique e Malawi, quase 30.000 toneladas de alimentos e 10.000 metros de lonas foram distribuídos pela missão.

“A Missão Mãos Estendidas têm feito grandes esforços ao distribuir lonas, alimentação e essas bicicletas. Isso mostra que há uma mudança na vida social”, observou o o pastor Chaebande.

Doações

Para aqueles que desejam contribuir com o projeto de bicicletas da MME, as ofertas podem ser enviadas por Pix, através da chave CNPJ: 29.225.095/0001-23

Também é possível obter mais informações acessando o site: mmeafrica.org

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *