LOADING

Type to search

Destaque Mundo Cristão

Justiça derruba vídeo de pastor contra a homossexualidade

Share

Por determinação da Justiça, o canal do YouTube da UMADEB (União de Mocidades das Assembleias de Deus de Brasília) removeu o vídeo no qual o pastor estadunidense David Eldridge afirmou que todos os homossexuais tinham “uma reserva no inferno”. Caso o material continuasse disponível, os responsáveis receberiam uma multa de R$ 50 mil por dia.

A declaração, considerada por muitos como polêmica, ocorreu durante o Congresso Geral da UMADEB, no dia 19 de fevereiro, no Parque da Cidade, em Brasília.

A decisão informada acima foi proferida pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e movida pela Aliança Nacional LGBTI+, pela Associação Brasileira de Famílias Homotransafetivas (Abrafh) e pelo deputado distrital Fábio Felix (PSOL).

A liberdade de expressão, de acordo com o artigo 5º da Constituição Federal, é garantida. No entanto, na avaliação da juíza Lívia Lourenço Gonçalves “é inequívoco que o exercício do direito deve ser ponderado com outros direitos de semelhante relevância, tais como os relacionados à igualdade e a atributos da personalidade dos indivíduos”.

– A divulgação de vídeos do evento contendo o suposto discurso de ódio contra comunidade específica, baseadas em supostas interpretações religiosas que em grande parte também não refletem o espírito cristão, podem em tese fomentar atitudes discriminatórias e de violência por parte dos fiéis contra pessoas integrantes da comunidade LGBT+, o que não se admite – reiterou a magistrada.

Fonte: Pleno News

Foto: Youtube/Reprodução

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *