LOADING

Type to search

Brasil Destaque

Adolescente com suspeita de febre maculosa morre em SP

Share

Uma adolescente de 16 anos que estava internada em Campinas, no interior de São Paulo, com suspeita de estar com febre maculosa, morreu na noite desta terça-feira (13). A causa da morte não foi confirmada, mas a jovem também esteve na Fazenda Santa Margarida, local onde outras três pessoas que morreram em decorrência da doença contraíram a febre maculosa.

A Prefeitura de Campinas já havia confirmado, nesta terça, dois óbitos pela doença entre pessoas que estiveram na Fazenda Santa Margarida. Um deles foi do empresário e piloto Douglas Costa, de 42 anos, que morava em Jundiaí, e o outro de um mulher, de 28 anos, de Hortolândia. Na segunda (12), a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo já tinha confirmado a morte da namorada de Douglas, a dentista Mariana Giordano, de 36 anos, pela mesma causa.

Segundo a Secretaria de Saúde de Campinas, a adolescente deu entrada em um hospital da rede privada da cidade, no dia 9 de junho. O caso dela foi notificado à Vigilância em Saúde como suspeita de febre maculosa, dengue, leptospirose ou meningite. A família, porém, só citou a presença dela na Fazenda Santa Margarida nesta terça depois da repercussão dos outros casos.

Se confirmada, essa será a sexta morte de uma pessoa que adquiriu a febre maculosa em Campinas este ano. Os outros casos se referem às três vítimas que frequentaram a fazenda, e outras duas pessoas que também morreram pela doença e moravam no município.

Em todo o estado, foram registrados 12 casos de febre maculosa com seis óbitos em 2023, já incluindo os três confirmados desta semana. Em 2022, foram registrados 53 casos, com 37 óbitos confirmados. Já em 2021, foram 76 casos e 42 óbitos, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo.

Fonte: Pleno News

Foto: Reprodução/TV Globo

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *