LOADING

Type to search

Destaque Politica

Revista francesa: “Magia” de Lula acabou após Maduro e Zelensky

Share

A revista semanal francesa L’Express fez críticas ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na edição desta semana após os episódios recentes do chefe do Executivo brasileiro envolvendo o ditador venezuelano Nicolás Maduro e o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky. Logo no título da análise, a publicação escreveu que “a magia” do petista “não funciona mais”.

No texto, o veículo diz que a diplomacia do Brasil sempre teve “grande prestígio devido ao seu profissionalismo e a uma reconhecida tradição de pragmatismo”, mas que hoje a “mágica” não funciona mais em razão da postura de Lula na política internacional. A revista lembrou que o petista foi o único que, durante a Cúpula do G7 no Japão, não se levantou para cumprimentar Zelensky.

– Pouco antes [da Cúpula], em abril, ele [Lula] havia declarado na China que os Estados Unidos deveriam “parar de encorajar a guerra” entregando armas a Kiev. No processo, Lula recebeu com honras o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, em Brasília – destacou a publicação.

A revista também destacou a recepção dada ao ditador venezuelano Nicolás Maduro por Lula, que classificou como “narrativa” as acusações de autoritarismo contra Maduro. A publicação reconheceu que o petróleo do país vizinho exige pragmatismo do Brasil, mas rechaçou o tratamento dado por Lula ao político, que é apontado como o responsável pelo êxodo de venezuelanos.

– Uma coisa é a arte da realpolitik [termo em alemão para política realista]; outra é se tornar o “dir’com” [diretor de comunicação] de um chefe de Estado que atirou em milhares de estudantes, matou centenas e prendeu outros tantos oponentes (…). Em suma, Lula não é mais Lula – finaliza o texto.

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *