LOADING

Type to search

Destaque Mundo Cristão

Após defesa da Bíblia, pr. André Valadão nega ser homofóbico

Share

Após usar a Bíblia para pregar contra o orgulho, no mês de junho, período marcado por intensas manifestações para comemorar o Mês do Orgulho LGBTQIA+, o pastor André Valadão, da Igreja Batista da Lagoinha, em Orlando, nos Estados Unidos, voltou a interagir com os seus seguidores pela internet, na segunda-feira (5).

Em seu Instagram, como de costume, o pastor evangélico abriu uma caixinha de perguntas para tirar as dúvidas de seus seguidores. Um internauta, então, o questionou sobre quando ele deixaria de ser um “trouxa homofóbico”.

Vestindo uma camiseta branca e com o semblante tranquilo, Valadão respondeu a indagação do seguidor e negou ser homofóbico.

– Não, eu não sou homofóbico. Existem muitas pessoas na homossexualidade que frequentam a igreja da Lagoinha e que frequentam muitas igrejas. Nunca agredi um homossexual. Nunca impedi um homossexual de estar na igreja. Nunca vou fazer isso. Prego o evangelho e vou pregar e amar – disse.

E continuou:

– Vou pregar a Palavra de Deus a todos. A todas as pessoas, independente da sua opção sexual, independente da sua raça, da sua condições financeira ou cultural, o evangelho tem que ser pregado.

Valadão, que pregou o sermão Deus odeia o Orgulho, no último domingo (4), afirmou que ama o homossexual.

– Não sou homofóbico. Amo aquele que é homossexual, amo aquele que vive diante dessa realidade e que também precisa conhecer aquilo que o evangelho diz. É simples assim. Esse é o meu prazer, falar de Jesus para todas as pessoas. Tem ódio aqui não, só amor de verdade – finalizou.

Fonte: Pleno News

Foto: Reprodução/Instagram

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *