LOADING

Type to search

Destaque Politica

PL pede a cassação de deputadas do PSOL e PT por insultos

Share

Seis deputadas do PSOL e PT foram apresentadas ao Conselho de Ética da Câmara pelo Partido Liberal (PL) que pede pela cassação de Sâmia Bomfim (SP), Talíria Petrone (RJ), Célia Xakriabá (MG), Fernanda Melchionna (RS), Érika Kokay (PT-DF) e Juliana Cardoso (PT-SP).

O motivo é que elas ofenderam os deputados que votaram a favor do marco temporal. Entre as palavras proferidas estavam “assassinos” e “genocidas”.

No pedido de cassação, o PL declarou que as parlamentares extrapolaram a imunidade do cargo e buscaram a “hostilização” de seus pares que fazem oposição ao governo. Para o partido, trata-se de uma “severa agressão”. Se condenadas, todas poderão perder o mandato.

Pelas redes sociais, as acusadas falam em perseguição e dizem que o partido do ex-presidente Jair Bolsonaro “odeia as mulheres”. Sâmia, além de criticar o PL, tem criticado a presidência da Câmara que permitiu a tramitação do processo no Conselho de Ética.

– Em menos de 24h, Lira permitiu tramitar a ação do PL no Conselho de Ética contra o nosso mandato e de outras deputadas. Já a ação contra bolsonaristas pelo 8 de janeiro está parada há 4 meses! – lamentou a deputada.

Fonte: Pleno News

Foto: Bruno Spada/Câmara dos Deputados

Tags:

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *