LOADING

Type to search

Destaque Geral

Startup de Musk é autorizada a testar chip cerebral em humanos

Share

A Neuralink, startup do bilionário Elon Musk, foi autorizada pela Food and Drug Administration (FDA) – agência dos Estados Unidos que é a equivalente da Anvisa – a realizar testes clínicos de implantes cerebrais em humanos. A informação foi confirmada pela própria empresa em uma publicação feita no Twitter nesta quinta-feira (25).

– Estamos entusiasmados em compartilhar que recebemos a aprovação da FDA para lançar nosso primeiro estudo clínico em humanos! Este é o resultado de um trabalho incrível da equipe Neuralink em estreita colaboração com o FDA e representa um primeiro passo importante que um dia permitirá que nossa tecnologia ajude muitas pessoas – declarou a empresa.

Em seu site, a startup destaca que seus planos para o futuro envolvem a possibilidade de restaurar recursos como visão, função motora e fala com a utilização do equipamento. Em dezembro do ano passado, o próprio Elon Musk falou sobre a possibilidade de permitir que uma pessoa que nunca enxergou ao longo da vida pudesse ver.

– Mesmo que alguém nunca tenha tido visão, nunca, como se tivesse nascido cego, acreditamos que ainda podemos restaurar a visão [com os chips] – destacou.

A empresa tentou pela primeira vez a aprovação do estudo pela FDA no início de 2022, mas teve o pedido negado. Segundo relatos de funcionários à agência Reuters, os principais problemas envolviam a bateria de lítio do dispositivo, a possibilidade de os fios do implante migrarem dentro do cérebro e o desafio de extrair o dispositivo com segurança sem danificar o tecido cerebral.

Tags:

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *