LOADING

Type to search

Destaque Politica

Não existe adulteração da minha parte, diz Bolsonaro sobre vacina

Share

Alvo de operação da Polícia Federal (PF) na manhã desta quarta-feira (3), o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) reitera que nunca se vacinou contra a Covid-19 e tampouco adulterou seu cartão de vacinação. Ele deu as declarações a jornalistas na porta de sua nova casa, num condomínio em Brasília.

– Não existe adulteração da minha parte. Não tomei a vacina. Ponto final. Em momento nenhum eu falei que tomei a vacina e não tomei – afirmou.

De acordo com o ex-presidente, Michelle Bolsonaro tomou a vacina nos Estados Unidos, e Laura, sua filha de 12 anos, não tomou.

– Ela (Michelle) tomou a vacina nos EUA, da Janssen. E outra minha filha, que eu respondo por ela, a Laura, de 12 anos, não tomou a vacina também. Tenho laudo médico no tocante a isso. Fico surpreso com a a busca e apreensão por esse motivo – completou.

A ex-primeira-dama também declarou que em sua casa ela foi a única a se vacinar.

– Apenas o celular do meu marido foi apreendido. Ficamos sabendo, pela imprensa, que o motivo seria “falsificação de cartão de vacina” do meu marido e de nossa filha Laura. Na minha casa, apenas eu fui vacinada – declarou em seu perfil no Instagram.

A ação da Polícia Federal, batizada de Venire, cumpre 16 mandados de busca e apreensão e seis mandados de prisão preventiva, em Brasília e no Rio de Janeiro. De acordo com a corporação, os agentes também analisam material apreendido durante as buscas e realizam oitivas de pessoas que possuam informações a respeito dos fatos investigados.

Nesta manhã, além das seis prisões, os agentes da PF fizeram buscas em um endereço do ex-presidente Jair Bolsonaro em Brasília. O ex-chefe do Executivo, que teve o celular apreendido, não foi alvo de mandado de prisão, mas deve prestar depoimento ainda nesta quarta.

Fonte: Pleno News

Foto: Reprodução/Globo News

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *