LOADING

Type to search

Destaque Politica

Servidores do GSI são obrigados a mostrar carteira de vacinação

Share

O ministro interino do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Ricardo Cappelli, anunciou, na quinta-feira (27), que editará portaria para obrigar os servidores da pasta a apresentar a caderneta de vacinação com todos os registros atualizados. Em sua rede social, Cappelli disse que carteira será exigida para todos os servidores que atuarem na segurança do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

– Quem mantém contato com o presidente da República deve cumprir o que orientam as autoridades sanitárias – escreveu Cappelli em sua conta oficial no Twitter.

Durante a reunião de anúncios dos 100 dias, Lula prometeu que o governo iria cobrar dos visitantes e servidores do Palácio do Planalto que apresentem a carteira de vacinação com o registro de todas as doses exigidas para ter acesso ao prédio. Na ocasião, Lula disse que só vai trabalhar na Presidência “quem tiver cartão de vacina”.

– Pode até querer ficar doente, mas não pode transmitir para as outras pessoas – disse Lula.

E completou:

– Ainda tem muita gente que não gosta da democracia impregnada aqui. Vamos conversar que, neste palácio, não trabalhará ninguém que não tenha o cartão de vacina.

A medida anunciada por Cappelli ocorre no momento em que o GSI passa por um processo de exoneração em massa que tem sido classificado por assessores de Lula como o movimento de “desbolsonarização” da pasta.

Na quarta-feira (26), o ministro interino já havia determinado a exoneração de 29 servidores comissionados. Dentre eles estavam quatro secretários de áreas estratégicas do GSI. Nesta quinta-feira, Cappelli repetiu a medida e determinou a demissão de outras 58 pessoas com cargos nomeados por governos anteriores.

Fonte: Pleno News

Foto: Jerônimo Gonzalez

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *