LOADING

Type to search

Brasil Destaque

GSI diz que conduta de agentes nos atos está sendo investigada

Share

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República emitiu uma nota nesta quarta-feira (19) se pronunciando sobre a revelação das imagens registradas por câmeras do Palácio do Planalto durante a invasão do dia 8 de janeiro. Segundo o órgão, se forem comprovadas “condutas irregulares” envolvendo membros da entidade, os “respectivos autores serão responsabilizados”.

Entre os nomes que estão no centro da polêmica está o do próprio ministro-chefe do GSI, Gonçalves Dias, flagrado por duas câmeras dentro do Planalto em meio à invasão. Na ocasião, ele apareceu caminhando pelo mesmo corredor junto dos manifestantes e chega a indicar a saída de emergência para alguns deles.

Como justificativa, o GSI afirmou que “a atuação dos agentes de segurança que foi, em um primeiro momento, no sentido de evacuar os quarto e terceiro pisos do Palácio do Planalto, concentrando os manifestantes no segundo andar, onde, após aguardar o reforço do pelotão de choque da PM/DF, foi possível realizar a prisão dos mesmos.”

– Quanto as afirmações de que agentes do GSI teriam colaborado com os invasores do Palácio do Planalto, informa-se que as condutas de agentes públicos do GSI envolvidos estão sendo apuradas em sede de sindicância investigativa instaurada no âmbito deste Ministério e se condutas irregulares forem comprovadas, os respectivos autores serão responsabilizados – acrescentou o órgão.

O GSI ainda ressaltou que a divulgação das imagens, feita pela CNN Brasil, não foi autorizada. A alegação é que elas “fazem parte de Inquérito Policial instaurado no âmbito do STF” e foram destinadas apenas aos “órgãos investigativos responsáveis, tendo em vista a proteção do sigilo do inquérito, previsto no art. 20 do Código de Processo Penal.”

Pleno News

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *