LOADING

Type to search

Destaque Politica

Gleisi ataca Moro após revelação do e-mail do PCC: “Falso”

Share

A presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann, atacou o senador Sergio Moro (União Brasil – PR) nas redes sociais chamando-o de falso por ter questionado um dos e-mail utilizados pelos criminosos do PCC que planejavam atacá-lo.

A ex-senadora rejeita qualquer ligação de seu partido com crime organizado e, apesar da prova disponibilizada pela Justiça Federal, ela resolveu criticar o ex-juiz.

– Moro também é falso quando tenta associar o crime ao PT. Na campanha eleitoral, o TSE proibiu a divulgação dessa mentira, mas o agora senador não se emenda e volta a delinquir – disse.

Gleisi afirma ainda que o promotor Lincoln Gakiya, também ameaçado pelo PCC, desmente Moro quando ele afirma que foi ele quem transferiu os líderes da facção criminosa quando era ministro da Justiça no governo de Jair Bolsonaro.

– Não foi Moro o responsável pela transferência do chefe do PCC para presídio federal. Foi a Justiça de São Paulo, a pedido do promotor Lincoln Gakiya, que comandou toda a operação em 2018 – afirmou a petista.

Uma das hipóteses sobre os motivos dos ataques contra Moro e Gakiya é exatamente essa transferência dos líderes do crime organizado e algumas restrições.

Fonte: Pleno News

Foto: Reprodução/Internet

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *