LOADING

Type to search

Destaque Politica

Oposição quer impeachment de Lula após falas sobre Moro

Share

Parlamentares de siglas de oposição planejam protocolar um novo pedido de impeachment contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) após suas falas envolvendo vingança contra o senador e ex-juiz Sergio Moro (União Brasil-PR).

Segundo informações da revista Crusoé, os deputados encaram as declarações do petista como uma tentativa de intimidação e crime de responsabilidade. Na avaliação dos congressistas, o presidente procedeu de forma “incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo” que ocupa.

Os parlamentares em questão pertencem a legendas como o Partido Liberal (PL), o Podemos e o União Brasil, atual partido de Moro.

As declarações de Lula ocorreram durante entrevista para o site Brasil 247. Na ocasião, ele admitiu que tinha uma ideia fixa de “f****” o ex-juiz durante o período em que estava na prisão.

– De vez em quando um procurador entrava lá de sábado, ou de semana, para visitar, se estava tudo bem. Entrava três ou quatro procuradores e perguntava: “Tá tudo bem?”. Eu falava: “Não está tudo bem. Só vai estar bem quando eu f**** esse Moro”. Vocês cortam a palavra “f****” aí. (….) Eu estou aqui [na prisão] para me vingar dessa gente. Eu falava todo dia que eles visitavam lá. Entrava o delegado, eu falava a mesma coisa: “Se preparem que eu vou provar” – disse o presidente.

Em resposta, Moro afirmou que o petista “aparentemente, só aprendeu linguajar de cadeia”. Ele também avaliou que, tendo em vista a gestão do presidente até o momento, parece-lhe que Lula pretendia se vingar não apenas dele, mas de todo o povo brasileiro.

– A minha interpretação é que o presidente está se vingando da população brasileira, já que o governo não tem apresentado os resultados. Se disse que ia ter picanha, se disse que ia ter cerveja para todo mundo, e nós vemos, na verdade, um crescimento econômico pífio. Está previsto 0,8% este ano – assinalou, em entrevista à CNN.

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *