LOADING

Type to search

Destaque Mundo Cristão

No Canadá protestos contra evento drag queen para crianças é crime; pastor foi preso

Share

Uma cidade canadense promulgou uma medida para criminalizar protestos perto das instalações da cidade em meio a um número crescente de manifestações em eventos de drag queens realizados para crianças em bibliotecas.

Sendo assim, o Conselho Municipal de Calgary votou 10-5 para aprovar um novo estatuto na semana passada proibindo protestos perto das instalações da cidade, conhecido como o Estatuto de Acesso Seguro e Inclusivo. A política entrou em vigor imediatamente.

Nesse sentido, a medida estipula que protestos visando qualquer raça, religião, sexo, identidade de gênero, deficiência, idade, origem, estado civil ou familiar, orientação sexual ou fonte de renda não devem ser realizados dentro de 100 metros de uma biblioteca pública ou entradas de um centro recreativo operado por uma cidade.

Desta forma, a medida se aplica durante o horário de funcionamento e uma hora antes e depois do horário de funcionamento. As condenações sob a lei são puníveis com até CA$10.000,00 ou até um ano de prisão.

“A cidade está empenhada em assegurar que todos os cidadãos que desejam ter acesso aos serviços e instalações públicas não sejam expostos a mensagens ou comportamentos que sejam odiosos, intimidem, assediem ou discriminem”, enfatizou o conselho.

Além disso, Logo após a entrada em vigor da lei, a Polícia de Calgary prendeu o Pastor Derek Reimer, de 36 anos, dos Ministérios da Missão 7 e o acusou de violar uma ordem de liberação que o proibia de estar a menos de 200 metros dos eventos envolvendo a comunidade LGBT.

Segundo The Christian Post, Reimer e outros estavam protestando contra o novo estatuto perto de uma biblioteca pública de Calgary. Reimer foi preso anteriormente em 2 de março, por ter protestado no dia 25 de fevereiro, contra um evento com drag queens lendo para crianças.

“Todos que são visíveis, todos no Canadá que ousadamente proclamam o cristianismo, se tornaram um alvo aberto”, disse o Pastor Artur Pawlowski, que serve como pastor da Igreja de Rua e Caverna da Igreja Adullam em Calgary.

Fonte: Gospel Prime

Foto: Reprodução Twitter

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *