LOADING

Type to search

Amazonas Cidades Destaque Geral

Prefeitura abriga todas as famílias desalojadas do bairro Jorge Teixeira

Share

Pouco menos de uma semana após as fortes chuvas que causaram um deslizamento de terra no bairro Jorge Teixeira, na zona Leste, no último domingo (12), a Prefeitura de Manaus, por meio de uma operação conjunta entre todo o poder público manauara, capitaneada pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), concluiu, nesta quinta-feira (16), o processo de mudança das 86 famílias, anteriormente abrigadas na escola municipal Helena Augusta Walcott, também no Jorge Teixeira.

Ao fim do dia, 70 famílias foram encaminhadas a um conjunto de quitinetes alugadas no bairro Cidade de Deus, na zona Norte, enquanto o restante também foi acompanhado até seus novos endereços, que terão seus aluguéis pagos por meio do benefício Auxílio Aluguel, no valor de R$ 600.

De acordo com o titular da Semasc, Eduardo Lucas, a nova alocação dos comunitários não marca o fim dos trabalhos da prefeitura no atendimento a essas pessoas. Ao longo da próxima semana, uma base de atendimentos ainda deve ser montada, composta por profissionais da Assistência Social, Saúde e outras áreas, a fim de sanar as principais demandas apresentadas.

“Continuaremos dando total assistência a essas famílias. Após isso, a população ainda pode contar com todos os equipamentos socioassistenciais, os benefícios sociais e as políticas públicas à sua disposição”, explicou o secretário.

Ainda segundo a diretora do Departamento de Proteção Social Especial da Semasc (DPSE), Neila Sardinha, é a partir dessa última etapa de atendimentos que as famílias devem ser instruídas e apoiadas no processo de desenvolvimento de sua independência.

“É um acompanhamento não muito prolongado, na medida do possível, justamente para que elas possam desenvolver esse senso de protagonismo, fundamental para a sobrevivência e para a qualidade de vida dessas famílias. Uma vez inseridas no Auxílio Aluguel e, por consequência no Cadastro Único, elas começam a ter as ferramentas necessárias para a retomada e a melhoria de suas condições”, destacou.

Anteriormente abrigada em uma das salas da escola municipal Helena Augusta Walcott, a dona de casa e mãe de dois filhos, Maria Beraza, assim como outras famílias, conheceu, nesta quinta, aquele que deverá ser seu novo lar ao longo do próximo ano e agradeceu.

“Quando tivemos que sair de casa, passamos por um momento muito difícil, mas agora acho que estamos muito melhores. Assim que chegamos aqui, agradeci muito a Deus por tudo o que está sendo feito por nós, fiquei realmente feliz”, afirmou.

Além das novas acomodações, ainda foram entregues 85 kits, compostos por itens domésticos, a todas as famílias atendidas ao longo dos últimos dias.

Ação conjunta

A mudança, assim como todo o atendimento socioassistencial e jurídico prestado ao longo dos últimos dias, fez parte de uma ação conjunta das secretarias municipais da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), de Educação (Semed), de Infraestrutura (Seminf), de Limpeza Pública (Semulsp), de Saúde (Semsa), da Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg), Defesa Civil de Manaus, Fundo Manaus Solidária, além da agências da ONU (Acnur, Unicef, UNFPA e OIM) e as secretarias estaduais de Assistência Social (Seas) e de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc).

Fotos – Marcely Gomes/Semasc

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *