LOADING

Type to search

Destaque Mundo Cristão

Ex-ator pornô diz que vendeu sua alma ao diabo, mas Cristo o resgatou

Share

Durante sua adolescência, Kevin Kirchen, se sentiu rejeitado por sua família após ser abandonado. Ele vagou nas ruas, se tornou um stripper e ator pornô até ser salvo depois que a voz de Deus o impediu de se matar. Desde então, ele retomou sua caminhada com Cristo.

Dessa forma, aos 14 anos, Kirchen ficou desabrigado e passou muitas noites em diferentes lugares. Ele voltou a morar com sua mãe aos 15 anos por um curto período de tempo, mas foi embora quando se sentiu indesejado. Ele conta que começou a falar com o Diabo quando adolescente, pois lhe faltava o senso de pertencimento.

Sendo assim, Kevin ficou desabrigado por vários meses até ser convidado a morar com seu irmão e seus colegas de quarto, aos 16 anos. Alguns dos colegas de quarto de seu irmão o convidaram para a igreja, e Kirchen aceitou Jesus Cristo como seu Salvador naquele mesmo ano. Na igreja uma família que acabou se tornando seus pais adotivos.

No entanto, aos 17 anos de idade lhe foi pedido que deixasse a casa. Kirchen ficou revoltado com Deus e culpou a igreja por forçar sua família adotiva a expulsá-lo. Após ficar sem teto por mais alguns meses, aos 18 anos de idade ele começou a trabalhar e morar em uma academia. Nessa época, o diabo apareceu para ele pela primeira vez.

“Eu não tive uma infância normal. Eu tinha desistido de Deus. Eu estava lutando com Jesus, e eu queria o diabo porque estava chateado com Deus. Quando o diabo apareceu para mim na festa, foi o momento perfeito para ele. (…) Ele me encontrou em um momento em que eu sentia não só Deus virar as costas para mim, mas também a Igreja e todos perto de mim”, conta.

Segundo The Christian Post, nessa época ele se tornou um stripper e, em seguida, se mudou para Los Angeles, onde se tornou uma estrela pornô. A depressão de Kirchen piorou quanto mais ele trabalhava como ator pornô. Ele sentia como se não tivesse ninguém a quem recorrer para pedir ajuda. Até que uma noite, ele tentou se matar.

“Eu estava pronto para puxar o gatilho e acabar com esta confusão. E eu tinha todas as intenções de fazer isso. Coloquei a arma na boca, e enquanto pressionava o gatilho, ouvi: ‘não faça isso’. Eu te amo’. Puxei a arma e não tinha ninguém lá. Era um campo vazio. E então, eu ouvi novamente. “Não faça isso. Eu te amo””, lembrou Kirchen.

Por fim, Kirchen foi embora sabendo que Deus tinha falado com ele. Ele deixou a indústria e voltou à igreja, onde conheceu homens cristãos que o orientaram. Eles o lembraram de que Jesus não usa seu passado contra Ele. Atualmente, Kevin é um pastor, autor e planeja fundar sua própria igreja no Texas.

“Agora, estou em paz com Deus. Agora, vejo esta vida e o mundo de maneira diferente porque há tantas pessoas que estão perdidas. Tantas pessoas estão vivendo momentos bons, sejam carros, dinheiro, casas, sexo, drogas, rock ‘n’ roll, internet, mídia social, seguidores, gostos, fãs, o que quer que seja, e estão presos nisso”, disse Kirchen.

Fonte: Gospel Prime

Foto: Reprodução/Arquivos Pessoais

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *