LOADING

Type to search

Brasil Destaque

Abin tem cinco dias para informar sobre indícios de que vandalismo ocorreria em Brasília 

Share

Foto: Adriano Machado/Reuters

O ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União (TCU), concedeu nesta quarta-feira, 11, à Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) o prazo de cinco dias para que as instituições informem o órgão se houve a identificação de indícios de que ocorreriam vandalismos nos atos registrados na Praça dos Três Poderes no último domingo, 8.

A equipe de reportagem da Jovem Pan teve acesso ao documento e nele consta que o magistrado deseja saber da Abin e da PM do DF se houve identificação prévia de perigo, além de possíveis notificações informando teor, data e destinatário dos alertas de possíveis violências nas manifestações.

Além da Abin e dos agentes de segurança, o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República, os ministérios da Defesa e Justiça, a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal e o Departamento de Polícia Federal também foram notificados a informarem se receberam informes sobre perigos no último domingo.

As respostas embasarão o processo que corre no TCU a respeito do caso, já que o tribunal busca identificar os atuantes, quantificar o dano causado e apurar o possível envolvimento de agentes públicos na ação – de maneira direta, indireta ou por omissão. O prazo de cinco dias começa a contar à partir da notificação dos destinatários.

Jovem Pan

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *