LOADING

Type to search

Destaque Geral

Coreia do Sul reage com disparos de alerta contra norte-coreanos

Share

Forças militares da Coreia do Sul realizaram disparos de alerta, enviaram caças e voaram regiões de monitoramento na fronteira com a Coreia do Norte nesta segunda-feira (26). A ação ocorre após cinco drones norte-coreanos violarem seu espaço aéreo pela primeira vez em cinco anos, em um novo episódio de escalada de tensões entre os países.

Um dos drones da Coreia do Norte chegou a sobrevoar ao norte da região da capital sul-coreana de Seul, que fica a cerca de uma hora de carro, disse o Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul. Os militares responderam disparando tiros de advertência e lançando caças e helicópteros de ataque para abater os drones norte-coreanos.

Os helicópteros de ataque dispararam 100 tiros combinados, mas não se sabe ainda se os drones norte-coreanos foram abatidos. Não houve relatos imediatos de danos civis na Coreia do Sul, de acordo com o Ministério da Defesa.

MÍSSEIS BALÍSTICOS
Os drones norte-coreanos e a rápida resposta do Sul ocorreram dias depois que o Norte disparou dois mísseis balísticos de curto alcance no mais recente de sua tórrida série de testes de armas neste ano. Os lançamentos de sexta-feira (23) foram vistos como um protesto do acordo sul-coreano/americano.

Um dos caças sul-coreanos que voou na segunda, um avião de ataque leve KA-1, caiu durante a decolagem, mas seus dois pilotos ejetaram com segurança, disseram autoridades de defesa. Eles disseram que também solicitaram aos aeroportos civis de Seul e próximos que suspendessem as decolagens temporariamente.

A Coreia do Sul também enviou ativos de vigilância perto e através da fronteira para fotografar as principais instalações militares na Coreia do Norte como medidas correspondentes contra os voos de drones norte-coreanos, disseram os chefes conjuntos. Sem entrar em detalhes, alguns observadores dizem que a Coreia do Sul provavelmente voou drones não tripulados dentro do território norte-coreano.

– Nossos militares responderão de forma completa e resoluta a esse tipo de provocação norte-coreana – disse o Major General Lee Seung-o, diretor de operações do Estado-Maior Conjunto da Coreia do Sul a repórteres.

*AE

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *