LOADING

Type to search

Politica

Lira é chamado de “traidor” ao chegar em jantar do PL

Share

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), foi alvo de protestos durante um jantar organizado pelo Partido Liberal (PL), partido do presidente Jair Bolsonaro, na noite desta terça-feira (29), em Brasília (DF). Ao chegar ao local do encontro, Lira foi chamado de “traidor” por um grupo de apoiadores de Bolsonaro.

– Omisso, se manifeste. O Brasil não vai se entregar, não. Ou viver a pátria livre, ou morrer pelo Brasil. Covarde, traidor da pátria. Como você dorme à noite? Você não tem família? Vendido – disseram os manifestantes.

O evento, que reuniu líderes da sigla, parlamentares eleitos no último pleito e políticos de outros partidos, além do próprio presidente Bolsonaro, aconteceu no restaurante Dom Francisco e foi convocado pelo presidente do PL, Valdemar Costa Neto.

Ao deixar o local, acompanhado da deputada Carla Zambelli (PL-SP), Lira não voltou a ser alvo de protestos, mas chegou a ser questionado pelos manifestantes sobre o que achava dos atos realizados em frente aos quarteis, movimento que começou logo após o resultado das eleições e que questiona o resultado do pleito.

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *