LOADING

Type to search

Cidades Destaque

Prefeito destaca qualidades da capital amazonense para sediar conferência do clima da ONU

Share

Elevado índice de preservação da Amazônia, modelo de desenvolvimento econômico que contribui para a manutenção da floresta em pé e uma administração que fomenta o desenvolvimento sustentável. Esses são alguns dos atributos destacados pelo prefeito David Almeida que colocam Manaus em condições de sediar a COP30, conferência do clima da ONU (Organização das Nações Unidas), em 2025.

A proposta para que o Brasil seja a próxima sede das discussões sobre o meio ambiente foi feita pelo presidente eleito do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, durante discurso dele na COP27, que acontece na Índia.

“Manaus está à disposição para sediar a COP30, da ONU. O mundo deve continuar com os olhos voltados para a Amazônia. Especificamente sobre nossa cidade, temos o maior modelo de desenvolvimento econômico, a Zona Franca de Manaus, que mantém 97% da nossa floresta preservada. É equilíbrio e solução para o Brasil e para o planeta”, destaca o prefeito da capital amazonense.

Atualmente, a Prefeitura de Manaus desenvolve projetos como o plano municipal de mudanças climáticas, o IPTU Verde, além de projetos de preservação ambiental. Um deles é o de revitalização de microbacias e que conta com apoio do Banco Mundial.

Foto: Dhyeizo Lemos/Arquivo Semcom

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *