LOADING

Type to search

Destaque Geral

Polônia dirá à Otan que míssil é ucraniano e não usará tratado

Share

O governo da Polônia irá comunicar nesta quarta-feira (16) a seus parceiros da Otan que o míssil que atingiu seu território nesta terça (15) e provocou duas mortes foi disparado pelo Exército ucraniano, segundo disse à EFE uma fonte diplomática europeia.

De acordo com essa fonte, que pediu anonimato, Varsóvia não irá invocar perante seus parceiros da Aliança o artigo IV do Tratado do Atlântico Norte que prevê consultas entre aliados quando estiver ameaçada “a integridade territorial, a independência política ou a segurança de qualquer das partes”.

O Executivo polonês já teria contatado seus aliados da Otan para confirmar essa informação, segundo a qual se tratou de um míssil antiaéreo ucraniano que se desviou da sua trajetória.

Já em pronunciamento à imprensa na manhã desta terça (15), o presidente polonês, Andrzej Duda, declarou que “é pouco provável que se repita” e que o incidente não se trata do início de um ataque organizado ou intencional.

Algumas forças do Exército polonês e outros órgãos de segurança do país foram colocados em estado de alerta máximo e, em mensagem na quarta, o ministro da Defesa polonês, Mariusz Blaszczak, informou que “os sistemas de defesa aérea e unidades militares selecionadas, tanto de forças terrestres como da Marinha, estão em alerta máximo”.

– O Exército polonês está monitorando a situação. Estamos em contato constante com nossos aliados – concluiu o comunicado do ministro.

Após confirmar uma explosão provocada por um míssil na cidade polonesa de Przewodów (leste), a poucos quilômetros da fronteira com a Ucrânia, o primeiro-ministro polonês, Mateusz Morawiecki, falou à imprensa nesta terça à noite. Ele pediu calma aos seus compatriotas e alertou contra a proliferação de notícias falsas, provocações e desinformação “que só beneficiam a Rússia”.

*EFE

Fonte: Pleno News
Foto: Nina Lyashonok / Ukrinform/Future Publishing via Getty Images

Tags:

You Might also Like

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *