LOADING

Type to search

Cidades Destaque

Fiocruz e Unicef promovem oficina de Medicina indígena no município de Benjamin Constant

Share

Evento contou com 70 participantes, entre rezadores, pajés, benzedores, parteiras e raizeiros

Uma parceria entre o Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/Fiocruz Amazônia) com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e o Distrito Especial de Saúde Indígena (DSEI) do Alto Solimões levou a Oficina de Medicina Tradicional Indígena, parte do Projeto ECHO COVID, de Fortalecimento da Resposta ao covid-19 na Região Amazônica do Brasil, no município de Benjamim Constant (AM), no Alto Solimões.

O seminário durou três dias, na Aldeia Filadélfia, e foi financiado pelo Europian Civil Protection and Humanitarian Aid Operatios (ECHO).

O evento teve um total de 70 participantes, entre rezadores, pajés, benzedores, parteiras e raizeiros.

De acordo com o pesquisador da Fiocruz Amazônia, Julio César Schweickardt, chefe do Laboratório de História, Políticas Públicas e Saúde na Amazônia (LAHPSA), as oficinas têm como objetivo compartilhar os conhecimentos e saberes tradicionais destes especialistas indígenas com a finalidade de construir redes de saberes tradicionais.
Eventos semelhantes já aconteceram no Maranhão e no Alto Rio Negro.

Tags:

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *